segunda-feira, 30 de abril de 2012

Perdão: A chave para a vitória no casamento (esboço de mensagem).



Mateus 18:21,22

 Falar de perdão é falar de Deus, é falar da graça, é falar da capacidade de oferecer aos outros uma memória apagada, sem registros, sem mágoas e sem as tatuagens do ressentimento.



Perdoar é deixar o outro nascer de novo na nossa história, sem as memórias que fizeram dele uma desagradável lembrança.



Falar de perdão é falar de um alto padrão, é falar de algo que o mundo não ensina.



Falar de perdão é falar de vida, de saúde, de paz e da verdadeira humanidade individual que se transforma na semelhança de Deus, pois quem não perdoa, adoece e se deforma como gente.



Falar de perdão é falar do sentimento essencial para se viver com o coração descoberto neste mundo de agressões e de facas afiadas.



Falar de perdão é falar de Jesus e dos homens que com Ele almejam ficar parecidos.



Falar de perdão é falar da repetição da vida de Jesus na nossa pobre, frágil e caída humanidade individual.



Falar de perdão é falar de Deus na minha e na sua vida.



I. O PERDÃO NO CASAMENTO



Ninguém está preparado para casar, para uma relação a dois, sem antes haver passado pela aula do perdão.



Ninguém consegue viver a dois se não tiver aprendido sincera e profundamente a perdoar.



O que acontece quando não há perdão no casamento?



Em primeiro lugar. Quando não há perdão, qualquer motivo é razão para separação.



· É o temperamento incompatível,

· o gênio difícil e agressivo de um ou do outro;

· é a altura, a feiura,

· a gordura ou o mau hálito;

· é a cultura, o marido que fez um curso a mais e que agora acha que a mulher é uma ignorante, coitadinha.



Quando não há espírito de perdão, os pequenos motivos tornam-se grandes razões, as pequenas desavenças transformam-se em guerras, as pequenas feridas se convertem em cânceres incuráveis.



Em segundo lugar, quando não há perdão no casamento destrói-se a unidade do casal.



· Quando um casamento acaba é porque antes do fim já acabou o diálogo,

· já acabou o sexo,

· já acabou a vida em comum.



Em terceiro lugar, Sem perdão o que resta no casamento é a lei da dureza do coração.



Sem perdão não há nenhum casamento que sobreviva.

Um comentário: